Posts em Destaque

As últimas notícias, confira!

Rock in Rio em dias de guerra na Rocinha

Rock in Rio em dias de guerra na Rocinha

O Rock in Rio não mudará sua programação por conta da guerra de traficantes na favela da Rocinha. O morro fica em São Conrado, zona sul do Rio, rota de quem vai de carro para a Cidade do Rock na Barra da Tijuca, zona oeste, saindo de bairros como Copacabana, Ipanema e Leblon. No domingo, 17, a comunidade foi invadida por bandidos que tentam retomar o controle da lucrativa venda de drogas.

Foto: Reprodução
É em Copacabana, Ipanema e Leblon que ficam os hotéis mais conhecidos da cidade, lotados pelo público do festival, e também a maior parte dos imóveis locados para o Rock in Rio pelo site Airbnb. Parte dos artistas também se hospeda por lá. Maior atração da noite desta sexta-feira, 22, a banda Bon Jovi está no Hotel Fasano, na praia de Ipanema, que recebeu também o Maroon 5.

O festival não informou como os artistas que estão na zona sul serão levados à Barra, uma vez que a Autoestrada Lagoa-Barra, caminho natural da zona sul à Cidade do Rock está fechada, por conta do risco de tiroteios. O Exército está na favela, reforçando a presença policial. As trocas de tiros estão frequentes e a população está encurralada.

Fonte: Tribuna do Norte
Justiça determina afastamento do vereador Luiz Almir

Justiça determina afastamento do vereador Luiz Almir

Câmara tem um prazo de 15 dias para que sejam tomadas as medidas necessária à execução da sentença.

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte notificou, no fim da tarde de ontem, a Câmara Municipal de Natal determinando o afastamento do vereador Luiz Almir (PR) do cargo.

O juiz Bruno Lacerda Bezerra Fernandes afirmou que a aplicação da decisão é imediata, mas a Câmara tem um prazo de quinze dias para que sejam tomadas as medidas necessárias à execução da sentença. Na mesma sentença também foram condenados o ex-governador Fernando Freire e outras 12 pessoas.

Foto: Blog de Daltro Emereciano
A decisão judicial trata-se de um processo que tramita na 5ª Vara da Fazenda Pública, e envolve uma denúncia do Ministério Público por Improbilidade Administrativa decorrente do caso conhecido como Escândalo dos Gafanhotos, um esquema de concessão irregular de gratificações, através da emissão de cheques-salárois, em nome de funcionários fantasmas no gabinete do então vice-governador Fernando Freire, no período de 1995 a 2002.

O magistrado considerou como atos de improbidade administrativa a concessão de gratificações de representação de gabinete a pessoas sem qualquer vínculo com o Estado do Rio Grande do Norte.

''Restou amplamente demonstrado nos presentes autos que os demandados descumpriram com seu dever de honestidade e lisura no trato da coisa pública, traço grave na conduta de todos eles mas, principalmente, no daqueles que eram detentores de mandato eleitoral: Fernando Antônio da Câmara Freire e Luiz Almir Filgueiras Magalhães. O primeiro, por permitir e instrumentalizar o desvio de verbas públicas por meio de concessões ilegais de gratificações de verba de gabinete a não servidores públicos do Estado; o segundo por beneficiar-se de tais desvio, indicando as pessoas que, sabidamente, não possuíam qualquer vínculo formal com o Estado do Rio Grande do Norte, especialmente, com a vice-governadoria, de onde eram oriundos os pagamentos, sendo patente a prática desleal de tos de improbabilidade administrativa'', diz trecho da sentença.

Também foram condenados Maria do Socorro Dias de Oliveira, Márcio Carlos Godeiro, Genivaldo Ferreira da Silva, Amós Plínio Batista, Alexandre do Nascimento Rodrigues, Antônio Laézio Filgueiras Magalhães, Cauby Barreto Sobreiro, Evânia Maria de Oliveira Godeiro, Flávia Maria Fabiana S. Cavalcanti, Jean Coelho Bezerra, João Batista de Menezes Barbosa Neto, Ubirajara Firmino Menezes de Oliveira.

Todos os réus citados já haviam sido condenados pela prática de crime de peculato, em sentença da 4ª Vara Criminal de Natal, na Ação Penal nº 001.06.000415-1, envolvendo os mesmo fatos, agora julgados na seara cível.

Segundo a sentença, Luiz Almir, Fernando Freire, Maria do Socorro Dias de Oliveira, Márcio Carlos Godeiro e Genivaldo Ferreira da Silva deverão ressarcir, solidariamente, a quantia de R$ 330 mil, além de terem sido condenados ao pagamento de milta civil em valor igual a duas vezes o dano apurado.

Segundo a assessoria de imprensa da CMN, Luiz Almir vai recorrer ao Tribunal de Justiça. O vereador pode pedir o efeito suspensivo do afastamento até o julgamento do mérito no TJ, que confirme ou modifique a sentença do juiz.

Fonte: No Minuto
Lula é condenado por Moro em primeiro processo na Lava Jato

Lula é condenado por Moro em primeiro processo na Lava Jato

Juiz da Lava Jato afirma que ex-presidente recebeu R$ 3,7 milhões de propinas da OAS, no triplex do Guarujá; é primeira sentença contra o petista por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no esquema Petrobrás

Aos 71 anos de idade, Luiz Inácio Lula da Silva foi condenado a 9 anos e seis meses de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A condenação do juiz federal Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal, em Curitiba, é a primeira do ex-presidente na Operação Lava Jato. Moro não decretou a prisão de Lula.
“Entre os crimes de corrupção e de lavagem, há concurso material, motivo pelo qual as penas somadas chegam a nove anos e seis meses de reclusão, que reputo definitivas para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva”, condenou Moro.
Lula: condenado pela primeira vez na Lava Jato. Foto: Eraldo Peres/AP
Fonte: Estadão
Governo do RN cadastra caminhões-pipa para operação de combate à seca

Governo do RN cadastra caminhões-pipa para operação de combate à seca

Operação Vertente leva água potável para áreas urbanas das cidades em colapso no abastecimento (Foto: Assecom RN)


O Governo do Rio Grande do Norte inicia, na segunda-feira (17), o processo de cadastramento dos caminhões-pipa que atuarão na segunda etapa da Operação Vertente, que leva água potável para áreas urbanas das cidades em colapso no abastecimento.

O edital que normatiza o cadastro foi publicado no Diário Oficial do Estado, ontem quinta-feira (13). Os interessados devem ter Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) e se inscreverem presencialmente no Setor de Licitação, prédio da Governadoria, das 09h às 17h, com documentos descritos no edital, até a próxima quinta-feira (20).

Os caminhões cadastrados começarão os trabalhos no início de maio e serão equipados com sistema de georreferenciamento, que permitirá o monitoramento dos seus percursos desde os mananciais de captação de água, até sua entrega aos moradores.

Organizada pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil, a Operação investirá recursos da ordem de R$ 12,7 milhões, oriundos do Ministério da Integração Nacional. Na primeira fase, que ocorreu entre setembro de 2016 e fevereiro de 2017, os caminhões contratados levaram água potável a 13 cidades das regiões Alto Oeste e Seridó, atendendo cerca de 150 mil pessoas. Agora, a Defesa Civil Estadual pretende aumentar o número de municípios atendidos para 24, número que pode variar conforme as cidades entrem ou saiam da situação de colapso.

Fonte: G1 RN
Temer diz que ser citado em delação da Odebrecht é “desagradável”

Temer diz que ser citado em delação da Odebrecht é “desagradável”

Na primeira entrevista após Fachin autorizar a abertura de inquéritos da Operação Lava Jato, o presidente disse que é "constrangedor" ouvir depoimentos

Michel Temer: "É uma coisa desagradável para quem está na vida pública há tanto tempo" (Ueslei Marcelino/Reuters)


O presidente Michel Temer disse neste sábado (16) que “é constrangedor” ter sido citado no depoimento de Márcio Faria da Silva, ex-presidente da Odebrecht Industrial. O executivo, que assinou acordo de delação premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR) no âmbito da Operação Lava Jato, disse ter tratado em uma reunião com Temer em 2010 sobre uma doação de R$ 40 milhões para a campanha eleitoral do PMDB.

Por meio de nota e de um vídeo publicado na sexta-feira nas redes sociais do governo, Temer disse que se reuniu com o executivo, mas negou ter tratado sobre valores com ele. “É uma coisa desagradável para quem está na vida pública há tanto tempo”, disse o presidente em entrevista à TV Band, exibida na noite de sábado.

“É muito desagradável ouvir aquele depoimento. É constrangedor”, completou, na primeira entrevista após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, relator da Lava Jato, ter autorizado a abertura de inquéritos para investigar o suposto envolvimento de políticos no esquema de pagamento de propina apurado pela operação.

Temer confirmou também que o encontro, realizado em São Paulo, foi organizado pelo então deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que está preso há seis meses em Curitiba em decorrência da Lava Jato.

O presidente disse, no entanto, que tinha uma “relação institucional, não uma relação pessoal” com Cunha. À época, Temer era presidente do PMDB, enquanto Cunha era líder do partido na Câmara.

Ministros

Questionado sobre a possibilidade de afastar algum dos oito ministros de seu governo que passaram a ser alvo de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF), após terem sido citados por delatores da empreiteira Odebrecht como envolvidos em esquemas ilícitos, Temer respondeu que “pode acontecer que o próprio ministro se sinta desconfortável e queira sair”.

O presidente voltou a afirmar que somente afastará ministros por iniciativa própria se a PGR apresentar denúncia contra algum integrante de seu gabinete. “Temporariamente, se houver a denúncia. Definitivamente, se a denúncia for aceita. É uma linha de corte compatível com nosso sistema jurídico”, afirmou.

Ao ser perguntado por que seria tão difícil afastar ministros neste momento, Temer respondeu que o principal apoio a seu governo vem do Congresso Nacional. “Temos que compreender essa indignação [da população] e construir gestos e formas para superar essa indignação”, disse.

Impeachment

A respeito do impeachment da então presidenta Dilma Rousseff, Temer disse que se o PT tivesse votado contra o processo de cassação do mandato de Cunha no Conselho de Ética da Câmara, “é muito provável que a presidente ficasse [no poder]”.

Reformas

Na entrevista, Temer reconheceu ter enviado um “projeto pesado” sobre a reforma da Previdência ao Congresso, mas acrescentou que a flexibilização de pontos do texto faz parte do processo democrático. O presidente afirmou que, após as reformas da Previdência e trabalhista, sua prioridade será a reforma política, que ele considera “inadiável”.

Fonte: Agência Brasil
Wesley Safadão aparece de cabelo curto em show em Miami: 'Nova etapa'

Wesley Safadão aparece de cabelo curto em show em Miami: 'Nova etapa'

As longas madeixas de Wesley Safadão ficaram no passado. O cantor mostrou seu visual novo, agora com os fios curtinhos, no show em Miami. Ele está gravando na cidade americana seu 5º DVD, “WS in Miami Beach”, que será lançado no início do próximo semestre. Wesley subiu ao palco neste sábado sob um forte calor.

Fonte: Instagram
“Quando comecei a cantar aos 14 anos, meu cabelo já estava comprido. Na época todos os cantores da região usavam os cabelos longos, era a moda e depois veio à fase do coque e foi ficando. Meu cabelo virou uma espécie de marca registrada. Quando o projeto de Miami começou eu sabia que estava entrando em uma nova etapa na minha vida e carreira, graças a Deus com tantas transformações chegou o momento da mudança”.


(Foto: Leo Mayrinck/Divulgação)
Eike Batista quer garantia de segurança na prisão

Eike Batista quer garantia de segurança na prisão

Advogado diz que há preocupação por conta da crise carcerária no país.

Foto: Reprodução
O advogado do empresário Eike Batista, que teve a prisão preventiva decretada no âmbito da Operação Eficiência - um desdobramento da Lava Jato, confirmou que está negociando com o Ministério Público e a Polícia Federal o retorno do cliente ao Brasil.

Um dos pontos da discussão é a garantia de segurança de Eike dentro da cadeia, visto que o País passa por uma grave crise carcerária.

O empresário não tem curso superior e, por essa razão, deve ser enviado para uma cela comum.

Na sexta-feira (27), a Justiça Federal no Rio de Janeiro bloqueou R$ 158 mil da conta do empresário Eike Batista e R$ 57 milhões de seu braço direito, o vice-presidente do Flamengo Flávio Godinho.

Eike Batista é acusado de pagar propina de US$ 16,5 milhões (R$ 52,4 milhões) para conseguir benefícios junto ao governo do Rio de Janeiro, como licenças ambientais, durante o mandato do então governador Sérgio Cabral (PMDB), que está preso.

A Polícia Federal não encontrou o empresário, que viajou para Nova York. Ele foi considerado, então, foragido e teve o nome incluído na difusão vermelha da Interpol (Polícia Internacional).
Bandeira tarifária de energia elétrica será verde em fevereiro

Bandeira tarifária de energia elétrica será verde em fevereiro

Segundo a Aneel, condição hidrológica favorável permite manter bandeira sem cobrança extra.

Foto: Reprodução
Com a melhoria das condições dos reservatórios do país devido às chuvas que vem ocorrendo desde o inicio de 2017, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou hoje (27) que em fevereiro será mantida a bandeira tarifária verde, ou seja, sem cobrança extra dos consumidores.

Em nota, a Aneel informou que “a condição hidrológica favorável”, que consta do Programa Mensal de Operação (PMO) do Operador Nacional do Sistema (ONS), possibilitou o acionamento de térmicas com custo operacional reduzido, chamadas de Custo Variável Unitário (CVU), abaixo de R$ 211,28 por megawatt-hora (R$/MWh).A cor da bandeira em vigor no mês da cobrança é impressa na conta de luz e indica o custo da energia elétrica, em função das condições de geração de eletricidade. Por exemplo, quando chove menos, os reservatórios das hidrelétricas ficam mais vazios e é preciso acionar mais termelétricas para garantir o suprimento de energia.

De janeiro de 2015, quando o sistema foi implementado, até fevereiro de 2016, a bandeira tarifária se manteve vermelha, primeiramente com cobrança de R$ 4,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos e, depois, com a bandeira vermelha patamar 1, que significa acréscimo de R$ 3,00 a cada 100 kWh.

Em março de 2016, a bandeira passou para amarela, com custo extra de R$ 1,50 a cada 100 kWh. De abril a outubro ficou verde, sem cobrança extra. Em novembro passado, a bandeira passou para a cor amarela novamente e, em dezembro, passou para verde.

O sistema de bandeiras tarifárias foi criado como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia de usinas termelétricas, que é mais cara do que a energia de hidrelétricas.

Fonte: No Minuto
Flamengo desembarca em Natal

Flamengo desembarca em Natal

Destaque do último jogo contra a Colômbia , Diego tira foto com fãs.
O time do Flamengo desembarcou na tarde desta sexta-feira (27) no Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, em São Gonçalo do Amarante. O time foi recebido por alguns poucos torcedores, que buscavam os principais atletas como o meia Diego, o atacante peruano Paolo Guerrero e o goleiro Alex Muralha para fotos. Os jogadores, no entanto, não quiseram dar entrevista aos jornalistas no local.

O Rubro-Negro fará um treino fechado para imprensa e torcida nesta tarde na Arena das Dunas, onde no sábado (28) enfrenta o Boavista na estreia do Campeonato Carioca de 2017. A partida acontece às 18h30.

Os ingressos da partida seguem sendo vendidos na Bilheteria 1 da Arena das Dunas (lado Prudente de Morais - Portão T) e na Sport Master (Midway Mall, Norte Shopping e Natal Shopping), Pittsburg da Prudente de Morais, além do site da Arena das Dunas.

Preços:

1º Anel Leste (FLAMENGO) R$ 120/R$ 60 


Anel Sul (FLAMENGO) R$ 80/R$ 40

1º Anel Noroeste (BOAVISTA) R$ 130/R$ 65

HOSPITALIDADE OPEN BAR:

INTEIRA: R$ 210

R$ 180 ingresso + R$ 30 Benefícios (Dj, cerveja, refrigerante e água)

MEIA: R$ 120

R$ 90 ingresso + R$ 30 Benefícios (Dj, cerveja, refrigerante e água)

Fonte: Novo Jornal
Vasco irá jogar na Arena das Dunas em fevereiro

Vasco irá jogar na Arena das Dunas em fevereiro

Foto: Reprodução
Depois do Flamengo, que atuará diante do Boavista no próximo sábado (28) em Natal, o Vasco também desembarcará na cidade potiguar. O time cruzmaltino irá encarar o Santos do Amapá na Arena das Dunas no dia 9 de fevereiro, uma quinta-feira. A partida é válida pela Copa do Brasil e terá mando de campo do time amapaense.

Se fosse mandar a partida em Macapá, ela aconteceria no estádio Zerão, que tem capacidade para 4 mil pessoas. A Arena das Dunas comporta 31.375 mil torcedores.

Por isso, a direção do Santos-AP viu com bons olhos a transferência para Natal. A primeira ideia, no entanto, era levar o duelo para a Arena Pantanal, em Cuiabá.

Essa será a terceira vez do Vasco na Arena das Dunas. Em agosto de 2014, o time venceu o ABC por 2 a 1 pela Série B do Brasileirão. Um mês depois, levou o troco: foi eliminado pelo ABC na Copa do Brasil após derrota por 2 a 1.

A Copa do Brasil neste ano acontece em novo formato e terá jogo único nesta primeira fase. Assim, o Vasco joga pelo empate no duelo diante do Santos-AP.
Choque entra em Alcaçuz buscando armas e celulares

Choque entra em Alcaçuz buscando armas e celulares

Um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal auxilia na operação deflagrada nesta terça-feira.

Com o apoio do veículo blindado, a tropa de Choque invadiu um pavilhão de Alcaçuz na busca por armas e aparelhos celulares.
Os policiais do Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque) entraram na manhã de hoje (24) na penitenciária estadual de Alcaçuz. O objetivo é realizar uma nova vistoria na tentativa de localizar armas e aparelhos celulares. A operação foi anunciada ontem pelo secretário de Segurança, Caio Bezerra.

Com o apoio do blindado da Polícia Militar, a tropa de Choque entrou no primeiro pavilhão por volta das 10h50. Os policiais utilizaram bombas de efeito moral para invadir o prédio. Um helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF) auxilia a operação, como parte do apoio oferecido pelo governo federal.

A ação também pretende garantir a conclusão da instalação dos contêineres que deverão separar as duas facções criminosas por um “muro”. O Sindicato do Crime do RN e o Primeiro Comando da Capital estão em guerra na disputa pelo controle do presídio desde o último dia 14, quando uma rebelião deixou pelo menos 26 mortos.
Queda de avião na Indonésia deixa 13 mortos

Queda de avião na Indonésia deixa 13 mortos

Aeronave pertence à Força Aérea e caiu em uma montanha.


Um avião da Força Aérea da Indonésia caiu em uma montanha neste domingo (18) e matou as 13 pessoas que estavam a bordo.

A aeronave, um Hercules C-130 que partiu da cidade de Timika, estava em um exercício de treinamento na província de Papua quando ocorreu o acidente, por volta das 6h15min.

Segundo a Agência de Busca e Salvamento da Indonésia, os corpos estão sendo transportados para Wamena.


As informações são do jornal Folha de S.Paulo.